Empresa | Produtos | Portfólio | Legislação | Contactos



Quem nunca viu um moinho de água? A água ao passar nas suas pás faz com que a roda gire. Então, porque não ir mais à frente e fazer com que esse movimento possa ter diferentes utilizações?
Esta foi a pergunta feita à décadas atrás e que levou à construção de todas as barragens para produção de energia eléctrica que hoje conhecemos. E porque não ter essa tecnologia nas nossas casas? Hoje, isto é possível. Um curso de água pode ser utilizado para a produção de energia eléctrica. Basta para tal que se instale um simples hidrogerador, que funciona através da corrente de uma linha de água ou por gravidade, no caso de se ter uma pequena barragem.
O Hidrogerador na sua essência não é mais do que um dínamo. A água ao passar nas pás do hidrogerador faz com que estas girem, produzindo corrente eléctrica no dínamo. Esta depois só tem que ser armazenada em baterias e depois "canalizada" para as mais diversas utilizações.

A maior vantagem deste sistema é a sua completa autonomia. Não necessita de qualquer fonte externa de energia. Desde que exista uma corrente de água, a produção é constante e a custo nulo. Além disso, não tem quaisquer emissões poluentes nem sonoras.